Produção de café conilon deve crescer no Espírito Santo
7 de outubro de 2017
Espírito Santo é 2º maior produtor de café do Brasil
23 de Fevereiro de 2018
Exibir tudo

Produtores de Marechal Floriano, ES, investem em uvas para diversificar plantio

Produção da fruta tem sido um ótimo negócio e um cartão postal para o agroturismo. Além de gerar lucro, videiras atraem turistas para a região.

POR G1

rodutores rurais de Marechal Floriano, na região Serrana do Espírito Santo, investiram na produção de uvas para diversificar o plantio. Além de gerar lucro, as videiras tem atraído turistas para a região.

Antes de plantar uvas, há oito anos, Evaldo Velten plantava tomate e couve-flor. Agora, toda a atenção dele e da esposa, Maria, é exclusiva para a niágara rosa.

Ele contou que teve um começo difícil, mas com ajuda ténica conseguiu aprender mais sobre uvas. Em 2017, ele chegou a colher 6 mil quilos da fruta.

“Ano passado a produção foi fraca, esse ano já vai dar pelo menos o dobro de produção a mais, eu acho”, disse o produtor.

A plantação de Evaldo tem 2.300 pés de uva em uma área de 1 hectares e meio. Tudo é fechado com telas por conta dos pássaros.

A poda das videiras acontece, geralmente, a partir de agosto mas não é feita toda de uma vez só. “A poda tem um papel fundamental, desde a parte nutricional da planta, nutrida com a adubação correta, para chegar na poda. Fazendo a poda programada você pode estender o período de produção”, explicou Ubaldino Saraiva, extensionista Incaper.

Marechal Floriano sempre se destacou por cafés especiais e de frango. Agora, os produtores perceberam que a uva pode ser um ótimo negócio e também ser um cartão de visitas para o agroturismo.

Dez famílias já estão envolvidas com a fruta no município. “A gente leva ao produtor como uma alternativa de renda, para diversificar a propriedade. A videira é importante pois agrega a questão financeira do produtor, o agroturismo que as pessoas vem até a propriedade colher a usa valorizando o agricultor, e a parte da agroindústria, para a produção de suco. Diversificando o meio rural gera mais renda para o agricultor”, completou Ubaldino.

FONTES: https://g1.globo.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *